O apoio familiar após acolhimento em instituições

O apoio familiar após acolhimento em instituições
A entrada numa unidade residencial/instituição é um momento que envolve um misto de emoções, tanto para o cliente como para a família.

A vivência deste momento será tanto melhor quanto maior for a relação estabelecida com a sua família no exterior. A Unidade Residencial deverá permitir o contacto presencial, telefónico e ou através de videochamada, uma vez que transmite a sensação de acompanhamento.

Relativamente às visitas, é desejável que a família se organize, de modo a que se realizem em dias diferentes e por diferentes elementos da família , ao longo da semana.

1. Não desvalorize os sentimentos e as emoções do seu familiar
2. Transmita compreensão e empatia
3. Mantenha-se atento/a às necessidades, opiniões e possíveis queixas do seu familiar
4. Procure entender o teor das reclamações junto da equipa;
5. Mantenha contacto presencial, telefónico ou através de videochamada
6. Durante a visita, realize um passeio ao exterior ou jardim
7. Organize um programa diferente. Quebre a rotina quotidiana.
8. Defina uma calendarização de visitas de cada membro da família
9. Mantenha a presença dos netos na vida dos avós
10. Explique aos mais novos a nova situação e tranquilize os seus receios